Foi publicada a PORTARIA N.º 1.297 DE 13 DE AGOSTO DE 2014 que estabelece os limites de tolerância e de insalubridade pelo agente vibração.

Ressalta-se que valor (limite de tolerância) publicado, está abaixo do praticado pela Diretiva Europeia, que possui como referência de 1,15 m/s2 no eixo preponderante.  A nova referência no Brasil, será pelo método triaxial (soma dos três eixos), tendo como limite (aceleração resultante de exposição normalizada – aren) de 1,1 m/s2, ou, valor da dose de vibração resultante (VDVR) de 21,0 m/s1,75 .